23 de mai de 2010

Romi-Isetta



A Isetta era um microcarro produzido na Europa, de desenho italiano foi apresentada em 1953 pela Iso, em 1955 concederam os direitos de produção para a alemã BMW e a brasileira Romi.  Sua principal característica era uma única porta na parte da frente do veículo.

 A Romi-Isetta foi lançada em 1956 no Brasil, inicialmente possuia motor Iso de 243 cilindradas, apesar de ter sido o primeiro carro nacional, muitos não a consideravam um automóvel de verdade por não ter ao menos duas portas e quatro ligares, o mérito ficou com a DKW Universal, que foi apresentada 2 meses depois.





Em 1958 sofreu pequenas mudanças e no ano seguinte recebeu um motor BMW de 300 cc, muito mais eficiente que o antigo Iso.  Mas por falta de incentivos fiscais a Romi encerrou sua produção no final de 1959, mas ficou sendo montado com o as peças que restaram na fábrica até 1961, mas em baixíssima escala.


A Diaseta foi uma tentativa de reviver a Romi-Isetta nos anos 80, mas não vingou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário